Walter Miranda
Artista Plástico

Música de Beethoven Inspira Artistas

1987
ATribuna de Santos
18 de julho de 1987
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_05022017-19-17-16_baixa.jpg

Três interpretações individualizadas sobre as nove sinfonias de Beethoven, mais três manifestações baseadas no transcorrer das nove anteriores. Desta forma, os artistas Maria Bertoldi, Roberto Giannecchini e Walter Miranda definem o projeto Beethoven, que é apresentado a partir de hoje às 14 horas na Galeria de Arte Municipal de Guarujá.

http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_05022017-19-11-07_baixa.jpg

http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_05022017-19-11-18.jpg

http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_05022017-19-11-33_baixa.jpg
Projeto Beethoven Sexta Sinfonia Maria Bertoldi - Roberto Giannecchini - Walter Miranda

Walter e Maria apresentam pinturas, enquanto Gia mostra esculturas-objetos de alumínio. Os artistas explicam que o desenvolvimento do projeto partiu de um estudo em conjunto sobre a vida e a obra de Beethoven, para depois se passar efetivamente á execução dos trabalhos. Essa etapa se constituiu em cada artista ouvir as sinfonias, ao mesmo tempo em que realizava os trabalhos. Outras obras foram realizadas com total liberdade de criação, tendo como base principal a experiência adquirida nos trabalhos anteriores.
Maria Bertoldi fala sobre a realização do projeto: Foi apenas o registro de um momento. O momento maravilhoso vivido durante uma sinfonia de Beethoven. E fui conhecendo, fui sentindo e ouvindo as sinfonias e tentando colorir os mais fantásticos sons dessas verdadeiras fantasias sinfônicas. A artista tem um extenso currículo, que inclui participação no Salão Livre da Associação Paulista de Belas Artes, no 44º Salão Paulista de Belas Artes, vários salões Bunkyo, entre outros.
Gia ressalta o que foi feito por ele dentro do projeto: Os trabalhos foram feitos de forma completamente artesanal, incluídos o projeto e a realização dos mecanismos. O material utilizado é quase que exclusivamente alumínio fosqueado com micro-esferas de vidro. Isto obedece a minha simpatia natural pelo alumínio, que apesar de não ser muito resistente, pela sua leveza permite estruturas liberadas. Entre os prêmios recebidos destacam-se: Medalha de Bronze no Salão de Artes Plásticas do Embu; prêmio aquisição no XI Salão de Arte Contemporânea de Santo André e Menção Especial do Júri, no Salão de São José dos Campos, entre outros.
Walter Miranda diz que todos os seus trabalhos obedecem a uma linha mestra,conseguida após diversos estudos de luz. Ele explica: em suma faço uma analogia das ações e inconsequências da humanidade, atualmente no planeta Terra. O artista participou do VI, IX, e X Salões Jovem de Arte de Santos, de vários Salões de Arte Contemporânea de Piracicaba, de Salões de Arte Contemporânea de Santo André, IV Salão de Artes Plásticas de Assis e muitos outros.
Os trabalhos ficam em exposição até 2 de Agosto, na Av. Dom Pedro, 350 - Guarujá
 
 

Walter Miranda
Ateliê Oficina FWM de Artes
Todos os Direitos Reservados.