Walter Miranda
Artista Plástico

Projeto Beethoven por Gia - Roberto Giannecchini

1985

O meu trabalho sobre as sinfonias foi feito a partir de sugestões fornecidas pelo material musical, selecionadas pelo sensível e "filtradas" pelo racional. O resultado, talvez questionável, está aí. Porém vale destacar como mais importante o processo criador, desde  que trouxe à superfície mecanismos mentais e sensíveis que eu ignorava. O trabalho contínuo e disciplinado sobre um tema pode trazer conseqüências outras que as esperadas; por exemplo, cabe uma suspeita íntima: - se a música foi determinante de um resultado, ou álibi para liberar outras coisas, ou todavia, um catalizador. Desse ponto de vista a música do Beto foi Arte magnífica; vivificante e criadora de "Arte derivada" através de outros artistas. - Eis a multiplicação dos pães. Assim, sou grato à situação que trouxe meu próprio enriquecimento interior abrindo novos caminhos e mistérios. No que diz respeito à técnica, os trabalhos foram feitos de forma completamente artesanal, incluídos o projeto e a realização dos mecanismos. O material utilizado é quase que exclusivamente alumínio fosqueado com micro esferas de vidro. Isto obedece à minha simpatia natural pelo alumínio, que apesar de não ser muito resistente, pela sua leveza, permite estruturas liberadas. Do mesmo modo se explica a montagem parafusada e a utilização de alguma peça de sucata. (Beethoven usava processos similares como no caso da "Ode à Alegria" de Schiller que, só depois de muito tempo veio utilizar como parte da nona sinfonia). Quando durante o processo algum trabalho tomava configurações próprias independentes das minhas intenções, fiz questão de respeitá-las. Assim, por exemplo, o movimento do pássaro da Pastoral "pedia" (como um amigo me fez notar) uma solução utilizando a ressonância mecânica, a qual foi aceita e realizada. Gracias, Armano. Cabe agradecer também a meus companheiros do grupo, aos amigos e à MARILENA pelo estímulo e pela paciência. E ao mestre Beethoven... que me perdoe. 1985 Gia

http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-09-54.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-10-03.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-10-12.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-10-21.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-10-31.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-10-39.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-10-47.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-10-55.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-11-04.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-11-12.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-11-19.jpg
http://www.fwmartes.com.br/imprensa/imagens/m16_u7_13022017-18-11-29.jpg
Walter Miranda
Ateliê Oficina FWM de Artes
Todos os Direitos Reservados.