Walter Miranda
Artista Plástico

Cloroquina, o pão nosso de cada dia? - 2

2020

 

Técnica: Óleo + mini botões + transistores sobre semiesferas de papel artesanal feito pelo artista, madeira e moldura dourada.

 

Dimensões: 27 cm X 18 cm                                        

 

Ano: 2020

 

 

 

No centro do quadro, há um cilindro feito de papel artesanal que representa um comprimido de Cloroquina. Diversos mini botões eletrônicos que representam uma multidão de pessoas rodeiam o cilindro. Nos cantos, quatro semiesferas feitas de papel artesanal e incrustadas de transistores representam o Coronavírus.

 

 

Detalhes
Walter Miranda
Ateliê Oficina FWM de Artes
Todos os Direitos Reservados.